sábado, 11 de fevereiro de 2012

Empreendedorismo no Morro


Mais uma matéria onde Thiago Firmino participa falando de empreendedorismo e do seu trabalho no
Tour Favela e Eventos Culturais.

Link do Vídeo

http://oglobo.globo.com/videos/t/todos-os-videos/v/catalogo/1807914



Por Miriam Leitão

A repórter Valéria Maniero teve a ideia e Míriam Leitão se animou. A pauta: visitar favelas do Rio para contar histórias de empreendedores locais em tempos de pacificação e ocupação. Durante três semanas, junto com uma equipe de fotógrafos — Pedro Kirilos, Fabio Rossi e Custódio Coimbra — e de cinegrafistas (Lauro Sobral e Luiz Vieira), elas andaram pelas ruas do Dona Marta, da Rocinha e do Alemão com câmeras, máquinas fotográficas, tripé e bloquinhos nas mãos.
Míriam conta que quando uma moradora da Rocinha viu a equipe toda entrando em sua casa, perguntou: “É para a coluna?” Quando soube que era uma reportagem do jornal, concluiu: “Mas se tem vídeo, vai para o site do GLOBO também.” O fato mostra que ela está antenada com as várias mídias.
— Um vendedor ambulante da Rocinha, o Simpatia, me abordou, perguntando: “O que você está fazendo aqui?” Eu disse que procurava empreendedores, e ele disse que era um e contou que tinha CNPJ — conta Míriam Leitão.
Valéria, que é repórter de Economia do blog da colunista, se dividiu nas últimas semanas. Ficou entre as emergências do blog, em tempos de crise do euro, e as horas dedicadas a ir às comunidades. O trabalho foi muito facilitado pela ajuda de Nathalia Menezes, do Descolando Ideias, do Alemão; de Marcos Barros, 
jornalista do Favela da Rocinha.com; e de Thiago Firmino, do Dona Marta. Ruth Jurberg, da Casa Civil, também ajudou, passando histórias, contatos e telefones de moradores.
O resultado desse trabalho multimídia poderá ser lido, amanhã, nas páginas da editoria de Economia e visto no site do GLOBO, num vídeo especial editado por André Vieira. Na editoria de Economia do site também há uma fotogaleria, com mais de 40 imagens feitas pelos três fotógrafos do jornal, mostrando os empreendedores e as favelas visitadas.

Nenhum comentário:

Postar um comentário